vestidos de flor

pensando bem
as flores andam todas
rodando muito soltas
nos vestidos das moças nos verões

e se ficar atento
às vezes bate um vento
que faz das flores vivas
enfeitando a graça dos dias

deve ser por isso
que se diz assim menina do mato
deve ser por isso
que a chamamos assim de flor

as florestas então
são feitas das moças todas
deve ser por isso que há floras
deve ser por isso que afloras em vestidos de flor

penso em moças-árvore
que fincam pé nos corações
permanecendo um bocado
enraizadas nos sentimentos mais fundos

pobre dos rapazes de corações rígidos
que não sabem bem como eu sei
que terreno algum sobrevive
sem árvore alguma plantada